quinta-feira, 15 de abril de 2010

Antes tarde...

Demorei muito pra escrever esse post, porque pensei na possibilidade de um dia, quem sabe um dia, ela ler. E já que existe essa possibilidade, não dá pra ser um post besta como a maioria dos que existe por aqui. Tinha que ser alguma coisa que causasse um certo orgulho, emoção e não as sensações libidinosas e pejorativas que, vcs meus comuns, sentem quando perdem mais um naco de vida neste espaço.

Sendo assim: Era um dia normal. Um dia como tantos outros normais, em que vc acorda pra trabalhar e se depara com sua mulher, com um papel na mão, em dúvida se estava grávida, ou era analfabeta.

Desde então tudo mudou muito. E rápido. Fui alçado de mais um brasileiro insatisfeito com o rumo de sua vida, para um brasileiro PAI.

Acreditem, não é fácil. As sensações foram tantas e tão diferentes que me lançaram num estágio catatônico em que eu só falava: - caralho(melhor palavra pra exprimir exclamação do vocabulário português)...

Na verdade eu queria dizer:
- Caralho como eu vou fazer pra sustentar essa criança?;
- Caralho vou ter um filho, que massa;
- Caralho Juliana já tava grávida no reveillon (hummm o reveillon);
- Caralho vou ter que casar (há isso eu já fiz);
e mais um milhão de outros "caralhos".

Cada um tem um momento só seu nesse processo. O meu foi assim. Perplexo, contemplativo, reflexivo e estático, mas lindo.

Só depois eu fui abraçar cabeça, dar beijos na barriga etc.

O fato é que depois dos sustos e alegrias iniciais, a vida toda está tendo que se adaptar.

Tudo tem que mudar.

Não dá pra ganhar os mesmos dinheiros de agora, porque as despesas vão triplicar;
O espaço da casa não vai dar, porque tá vindo uma pessoa super espaçosa, apesar de pequena, morar aqui;
A geladeira não vai dar, por que agora vai ter legumes, verduras, frutas sem deixar de ter cerveja;
Tudo vai ter que ser maior, mais espaçoso e mais rosa no meu caso.

Hoje estamos com 5 meses. Desde então tenho escrito pouco. Se parar pra pensar não tive muito o que escrever mesmo. Não me sentia a vontade pra falar do cotidiano antes de falar do maior dos meus cotidianos. Com isso, já sabemos o sexo e já temos nome. Cecília é o nome da coisinha gostosa que já agora nos tira o sono.

Claro que alguns já sabem da novidade, ou por convívio ou por Jorge o ósado. Mas tá valendo tb.

Enfim, o que fica desse post é um recado:

- Cecília, quando vc era bem pequenininha, seu apelido era Feijão (vc parecia mesmo um feijão);
- Agora vc já tem outro: Meio quilo (adivinha porque);
- Não sei quantos mais vc vai ter, acredito e peço a Deus que muitos, mas o maior de todos vai ser "meu bebê".

A vida toda vc vai ser o meu bebê, mesmo grande, mesmo querendo me dar os nós que eu sei que vc vai querer dar, mesmo trazendo aqueles sacanas que vão querer lhe namorar pra me apresentar.

Então tenha paciência com seu pai. Provavelmente a arma que ontem eu apontei pro seu namorado tava descarregada, ou mesmo carregada, eu não tinha intenção de atirar.
Na verdade nessa, ou em tantas outras situações, eu só queria proteger vc, o meu bebê.

Vou nascer pai junto com vc e quero morrer pai antes, deixando aqui a única coisa realmente boa pro futuro. Você, O meu bebê. Já amo vc assustadoramente.

Sem mais,
Subscrevo.

16 comentários:

Cris disse...

Porra Pablitp vc é fodaaaaaaaaaa, que lindo rei... O que mais me admira é o seu jeito de demostrar carinho e amor publicamente Bjocas pra vc Jujuba e claro, a grande Cecilia

Mariana disse...

foi a declaração mais cheirosa, macia e bolinativa q ja li!! Parabéns pra vcs! sou leitora assídua dakI...bjs

Dani disse...

Daí que você me fez chorar, você vai ser um pai do caralho rsrs. Abraço pro casal e pra seu bebê. =

Nayla Araujo disse...

Poxa!!Q lindo...até chorei!!!(de verdade,pergunte a Rafa). Foi emocionante perceber a maneira como vc reagiu a notícia e esse sentimento novo e tão grande...
Espero compartilhar com vcs a alegria q essa menininha vai trazer a nossa família (q apesar de tudo é uma família). Te adoro!!!

disse...

só pra variar, qnd tem um post emotivo aqui, meus olhos ficaram mareados!

mt feliz por vcs!

beeeeeijos

Juliana Rocha disse...

Não sei mais quantas vezes eu vou ter q ler esse post para tentar não chorar.
TEnha certeza que ela também já te ama, pq é esse o único sentimento que ela conhece quando pensamos em você.

marceleelilia disse...

Que lindo!!!! Chorei!!
Beijos!!
Marcele

Paulo Bono disse...

Porra, man.
Meus parabéns.
E muita saúde pra Cecília.

abraço

Jandinhaaaa disse...

Acho q lindo é muito pouco perto do que li, Vc simplesmente expressou amor em palavras, não sei explicar, mas VC conseguiu. Tenho certeza que diante de tanto amor transbordando, essa familia ja está muito abençoada. Obrigada meu Deus por existir pessoas com tamanho coração. Fantasticoooo!!!

Milinha disse...

Aii que lindo!!!!!!

Parabéns!!!!!!!!

Marcelo L. M. Trevisan disse...

Em uma palavra `CARALHO`

Parabéns para vocês!

lilaemarcelo disse...

Ler isto, sendo minimamente sensível, sem chorar, é o mesmo que beber uma cerveja gelada sem agradecer a Deus por isso: uma blasfêmia! Eu acredito sim que escolhemos onde vamos encarnar e esta menina já mostra ser inteligente: escolheu pais que sabem curtir a vida, sem deixar de ser responsáveis, sabem, acima de tudo, ser feliz!

Ric Dexter disse...

Ser pai é se preocupar com coisas que antes eu não tava nem aí.
Meu moleque hoje ta com 2 anos e meio, vendendo saúde e dando um trabalho da porra. Mas o bom é assim mesmo. É um desafio!
Depois apresenta Cecília pro meu garotão... hehehe!

Tudo bom pra vocês, saúde pra Cecília!

Elly disse...

Queridão, vejo que Cecilia tem muita sorte dos pais que escolheu.
Não tem como não chorar com tanto amor envolvido.
Parabéns, para mim vc é o pai do ano e Jú a mãe do ano.

Iris Vidal disse...

Velho... que lindo! Os ultimos parágrafos me fizeram chorar e quando eu tinha parado, fui ler o comentario de Juliana e chorei de novo! Eu desejo do fundo do meu coracao, muita felicidade p vcs! Cecília vai ser uma menina muito amada, pois ela vai ter um pai e uma mae maravilhosos, com toda a certeza! Obrigada por compartilhar essas coisas boas de suas vidas conosco! é sempre muito bom sentir coisas boas... E foi isso que eu senti lendo o post hj!
Super bjO

mayra disse...

Venho acompanhando seu blog a um certo tempo,acho o máximo o jeito q vc escreve e desta vez vc me emocionou ao tanto de eu deixar a preguiça de lado e parar pra comentar!!rsrsr!
Menina de sorte a Cecilia,desde já é muito amada!
Parabéns aos pais e meu desejo de muuuitassss felicidades à familia!
Saúde-Sorte-Sucesso!!!!