quarta-feira, 25 de agosto de 2010

As barracas da orla de Salvador

Há alguns meses comecei a ver essa punheta na intenção das barracas de praia de Salvador.

Era uma masturbação difícil. Com o pau mole sabe?
- Derruba barraca;
- Aprova liminar;
- Juiz Derruba liminar. E por aí vai.

Não dei a mínima.
- Quero ver quem vai derrubar a Barraca do Louro, ou a Margerita.

Eis que há um mês e pouco atrás, a prefeitura derrubou umas cem barracas, justificando que as mesmas não tinham a mínima condição sanitária de operar.

- Há tá. Devia tá uma nojeira da porra. Eu já estive em barracas putamente imundas, sei o que é isso.
- Mas quero ver quem vai derrubar a Barraca do Louro, ou a Margerita.

De repente. Como num vídeo toscamente feito pro You Tube, começo a semana boquiaberto vendo a Prefeitura de Salvador metendo a pica na Barraca do Louro, passando por cima com um trator de esteira mesmo.
E não só nas tais barracas, mas a prefeitura tampou-lhe a porra e enfiou a xibata em TODAS, TODAS AS BARRACAS DE PRAIA DE SALVADOR.

Foi um choque. Eu não esperava ver na televisão nem o paraíso das bundas perfeitas e serelepes enfiadas em micro biquines (Louro), nem o édem do pagodão e dos rala as partes íntimas femininas no chão (barracas de praia de Itapoan, cidade baixa e adjacências) sendo destruídas.

Não esperava mesmo.

Pra entender melhor, procurei algumas fontes e pra poder tecer meu comentário, preciso antes explicar. Do meu jeito claro. Se vc quiser alguma coisa mais jornalistica vá ao site do Jornal A Tarde, ou da Rádio Metrópole.

Há alguns anos, a União (o mau supremo) criou o projeto Orla da União. O Projeto visava reorganizar os territórios de marinha mal ocupados em toda orla brasileira.

Pra que vc não confunda, como eu me confundí. Terreno de marinha é toda área que está até 38 metros de onde vai a água da maior maré. Terreno da marinha, são as terras dos moços que usam branco e não são pais de santo.
Assim, há mais ou menos4 anos, foi decretada a derrubada de todas as construções que explorando a praia, estivessem no tal território de Marinha da capital baiana.

A prefeitura interveio e pediu um prazo pra apresentar um projeto que diminuísse o impacto na economia e na vida social da cidade.

Aí começa a putaria:
Segundo João Henrique, o Prefeito de Salvador, doravante denominado Janjão.
O advogado da Assossiação dos barraqueiros não deixou o processo andar. Dificultou as reuniões, foi contra todos os projetos da prefeitura e pediu a substituição por duas vezes do juiz responsável por julgar o caso. O juiz por sua vez, quando teve seu nome mantido pela segunda vez a frente do projeto se retou e disse:
- É rebanhe de corno? Então tá decretado. Derruba essas porra tudo. E agora. Se não, eu mando prender o prefeito.
E o resultado vcs víram.

O advogado rebate dizendo que Janjão não apresentou um projeto consistente, que não recebia os barraqueiros e que quando recebia, colocava como interlocutor um secretário diferente, com um discursso diferente.

Janjão pediu um voto de confiaça aos barraqueiros, disse que a culpa é do advogado e da União e disse que tudo vai ser resolvido até a copa de 2014.

Daqui pra frente é comigo.

Como cada um diz uma coisa e nem tudo foi documentado a contento. Eu acredito em duas coisas:
1 - O discernimeto humano serve para ouvir o que se consegue e em cima disso tecer opniões. Certas ou erradas.
2 - O prefeito de Salvador é o cara mais hábil politicamente que a Bahia viu nascer desde ACM.

Ele sabe que a orla de Salvador é feia e que não existe outra forma de conserta-la, a não ser derrubando as barracas que ao longo dos últimos 50 anos foram se amontoando desorganizadamente nas praias de salvador.
Aproveitando-se disso, ele deixou correr o processo, fazendo exatamente o mínimo pra não ser taxado de ausente.
Daí o pau comeu, a advocacia da união fez o trabalho sujo e ele vai fazer o limpo que é chorar pro presidente dizendo que existem 3.000 pessoas desempregadas e que ele precisa de dinheiro pra construir uma nova orla. Vai fazer uma puta orla e vai entrar pra história como o prefeito que teve peito pra dar um choque de ordem na cidade.

Ufa. O post é grande mesmo. Respire fundo e vá com fé.

Outros grandes empreendimentos ainda existem em terreno de Marinha em Salvador. Na Ilha de Itaparica então...
Tenho certeza que as demolições não vão passar disso, porque quem tá chorando agora não tem representação política pra assustar.
O Louro, que deve ter lá alguma representação, nas cocó deve ter recebido alguma promessa de compensação.
Os outros barraqueiros que pensaram, como o advogado deles, que não ia dar em nada, vão fazer paralizações invisíveis e dar gritos inaudíveis até que passe esse mau estar inicial e a grande reforma venha.
Daqui há alguns anos o povo de Salvador vai olhar e dizer: - João Henrique foi foda. Sabe porque?

Porque o mundo é assim. Frio, duro e cabe a quem sobrevive a batalha, contar os louros da guerra.

Mas sinceramente? Quero ver derrubar o Clube Espanhol e o Barra Vento.

Sem mais, subscrevo.

5 comentários:

disse...

pois é também quero ver!!!

tô aqui pra botar foga nessa palha!!!

e aqui pra nós, os donos da margerita e barraca do louro nem vão sentir falta pq com certeza são donos de outros bares daqui de salvador!

Anônimo disse...

o clube espanhol já foi derrubado ..mas pra construir um mega empreendimento
!!?!?!

Pablo Araújo disse...

O clube derrubado foi Português anônimo.

soterepolitana disse...

e por isso qui salvador e a capital de m,ais desenprego bo brasil hi si continua asim tirando o ganha pao das familias eu quero ver como o prefeito vai receber os turistas,porq os asaltos vao almenta com isso a violencia,,hi salvador vai pode conpetir com o rio de janeiro hi fortaleza,,as vezes e isso qui os politicos de salvador que qui nossa cidade vai a falencia sim porq e so soma barraca turistas,trabalho,fomi 0 eu estou com medo de hi para a minha amada salvador pasear si nao fosi critico eu diria qui e uma piada.

Anderson disse...

Gostei do texto.
Ainda acho que as barracas voltam nas mesmas condições... Nem que seja flutuando em botes. hehe
-----
O anônimo está certo.
O clube espanhol foi derrubado para a construção de um empreendimento. "Mais um golpe das imobiliárias que estão dominando Salvador."