segunda-feira, 16 de março de 2009

Minha idéia sobre filas

Qual a dificuldade em se formar uma fila?
Você chega, tem uma pessoa em sua frente, vc está imediatamente depois dela.
O que vier agora, é o próximo depois de vc e por aí vai.
Porque então chega alguém e fica do seu lado?
Porque sempre tem alguém que se julga com mais pressa e por isso merecedor de prioridade?
Como uma coisa tão elementar consegue se tornar tão complicada?
Um depois do outro, que ciência pode ter nisso?

.......

É fato que quanto mais pobre o objetivo da fila, mais desorganizada e agressiva ela tende a ser, mas falta de educação não é privilégio da pobresa.
Já ví verdadeiros absurdos em todos os níveis sociais em que tive alguma penetração.

Esse fim de semana estava numa fila simples, pra pegar uma lancha simples, e ir na simples Ilha de itaparica. Fui o segundo a chegar e portanto, o segundo da fila. Parecia Simples, mas de repente se tornou uma confusão de pessoas tentando passar na frente dos outros, enquanto milhares de idosos se acotuvelavam, se valendo de sua condição de "fracos e debilitados".

Um desses idosos em particular me chamou a atenção:

Pra quem nunca pegou a lancha que atravessa de Salvador pra Ilha de Itaparica, elas saem a cada 30 minutos e em cada uma, vão 10 idosos de graça. O critério é a tal fila simples.

Esse idoso que me chamou a atenção, chegou depois da fila ter chegado aos 10 e ficou do meu lado, tirando uma de velhino boa praça, conversando com todo mundo, falando alto e brincando. Quando os bilhetes começaram a ser vendidos ele se meteu por dentro da fila, que a essa altura já era de três pessoas. É claro que deu a maior confusão.

Quando a coisa já tinha se acalmado me aparece o tal, participando de uma reclamação grupal, onde ele era um dos líderes e com um sotaque espanhol chato ele gritava:

- Isso é uma falta de respeito e isso só está assim porque o povo não reclama. (foi demais pra mim).

Me espremi perdendo meu lugar na fila de entrada pra, na frente de todo mundo, falar:

- Será que a gente tem mesmo que só reclamar ou fazer a nossa parte? Se quando o Sr chegou e viu o tamanho da fila, tivesse feito sua parte e ido pro fim dela, será que teria gerado toda a confusão que gerou? Se vc tivesse feito sua parte, boa parte da confusão teria sido evitada, agora é fácil tachar todo mundo de alienado aqui enquanto o Sr. é o políticamente ativo.

- Não meu filho, não foi assim, eu sou idoso e por isso fui pra frente... e por aí foi.
O portão abriu e ninguém mais ouviu nada .

Esse episódio me lembrou os tantos ensaios em que trabalhei no verão e das filas que ninguém queria pegar mesmo não pagando ingresso.
Me lembro de uma moça que me ligou pedindo uma cortesia e por amizade a um amigo dela acabei dando. Não é que ela liga pro meu celular, no meio do ensaio, pra ir pegar ela na porta porque a fila tava muito grande?

Batí o telefone na cara da sujeita e acabei transferindo o ônus disso pro amigo que me motivou a dar a cortesia.
Nunca mais ele pediu nada.

Não sou o cara mais educado do mundo, nem esse post é algum tipo de conclamação à cidadania. Na verdade é um desabafo, a minha falta de inteligência em entender, porque a gente faz esse tipo de coisas.
Parar na faixa de pedestre quanto o trânsito tá engarrafado, ou ficar na porta do ônibus a viagem toda, atrapalhando o fluxo, só pra ter facilidade de sair qdo chegar a hora.
Evitar essas vantagens seriam ações tão simples e fariam tanta diferença.

Eu reconheço. Sou um cara muito chato com isso. Brigo por nada, quero meus direitos e etc. Mas acho que basicamente por isso, porque eu faço minha parte e procuro ter algum critério com as reclamações. reclamar por reclamar é usar do grito pra conseguir alguma coisa que nem sempre é a justa.
Como o "velhinho" que gritou pra encobrir sua falta de educação, ou como o cara que grita com o governo porque existe engarrafamento. Antes da gente gritar é bom ver a coisa de forma mais ampla, pra poder gritar, mas gritar certo.

Afinal, se é pra ser chato, vamos ser chatos inteligentes e corretos.

4 comentários:

Juliana Rocha disse...

Isso ai maridoooooooo!!! Tou contigo e não abro!!!!!!! Por isso q eu te amo tantooooooooo!!!

Laíse Almeida disse...

ahhhhhhhhhh
tb concordo!!!

tem gente q fica so falando, apontando os erros nos outros e nao olha pro rabo!

eu odeio qnd pego buzu e fica um monte de gente na porta! eu ODEIO!!! AFFFFFFFFFFFFF

fabricio disse...

Pô bicho, n sabia q vc era esse cidadão todo n!!! Deixa essa porra ai e vem p cá!heheh

Samy Vallo disse...

Achei mto massa....Pq principalmente idoso faz isso de usar dos sseus direitos para conseguir as coisas mais faceis...
adoro seu blog moço..parabens