sexta-feira, 27 de março de 2009

Tem alguma coisa errada no mundo

Hoje ao ler o jornal pela manhã, duas reportagens me chamaram a atenção.

Na primeira, Eliana Tranchesi, dona da Daslu, foi condenada a 94 anos de prisão, por sonegação de R$ 1 bilhão em impostos.
Na segunda, o estudante de direito Jardel da Pureza de Souza, que assassinou a ex-namorada e depois ocultou o cadáver no porta-malas do carro, foi solto, ontem, por habeas corpus do Tribunal de Justiça.

É claro que não me cabe aqui julgar quem merece o que, mas alguma coisa está muito errada. Estamos muito descaradamente dando menos crédito a vida humana do que ao dinheiro. Não que isso seja uma novidade. Não mesmo, mas estamos acabando com todo o simbolismo que queremos criar.

Explico:

Os EUA invadiu o iraque por petróleo (dinheiro), sob pena de milhares de americanos mortos;
Impérios subjulgaram e foram subjulgados por território (dinheiro), sob pena de um mundo de mortos;
2 Guerras Mundiais por poder (dinheiro), sob pena só na segunda de cerca de 60 milhões de mortos entre civís e militares.
Igrejas foram criadas e cruzadas foram feitas em nome de Deus, o que sobrava dos queimados (dinheiro) era destinado a igreja e aos seus.

Desde que o mundo é mundo que o dinheiro vale mais do que a vida. Sou contra, mas meu blog ainda é muito pouco pra mudar isso. Talvez a era de aquário, talvez um novo messias. O que me preocupa mesmo é o que se aprende com essas decisões. Me preocupo com os símbolos que o Brasil tá criando.

Em resumo: Como é que eu vou explicar pra meu filho que um cara que mata uma mulher com oito golpes de faca, coloca o corpo no porta malas do carro e tenta ir pra Ilha de Itaparica merece menos (ou nenhuma) punição que uma outra que sonegou imposto?

Simbolicamente ele vai ver essas duas notícias e pensar: Papai é mentiroso. Matar pode, roubar também é só saber de quem, do povo pode, (político) do governo não.

Eu já resolví o que vou fazer. Uma lista de quem mandar pro além (pena que meu porta malas é pequeno) e procurar meu contador pra ver meu imposto de renda.

Quem é doido de querer problema com a lei?

3 comentários:

Tiago Celestino disse...

Hoje em dia, tudo é movido a dinheiro.

Leandro disse...

Impressão minha ou alguns dos piores criminosos acabaram presos só por sonegação fiscal?

Pablo Araújo disse...

Al Capone que o diga.