sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Vamos aos fatos

Daqui a pouco eu vou viajar pro interior e não vou ter tempo, nem criatividade, pra postar até o fim da promessa.

Portanto, considerem alguns posts a mais feitos durante a semana, e esse, como o último de uma semana sem precedentes na história da nova literatura blogueira contemporânea.

Foi uma semana suprema e, não sem motivo, recordista de visitas. Eu diria que foi uma semana Usainboltica.

Mas, como nem tudo são flores. Vamos voltar pros embates teórico-quânticos e filosóficos que sempre foram a temática desse nosso espaço.

Pra começar, vamos falar de uma personalidade mediovágel do mundo internético: Cabeça.

Papos (com) Cabeça é um dos marcadores mais vistos daqui e um dos mais comentados tb. Apenas um motivo a mais pra terminar a semana com ela.

Como tds víram, cabeça tirou carteira de motorista |Vc não viu? Sério? Porra vê aqui urgente|. Desde então, minha querida esposa é uma mulher melhor, mais segura, mais confiante e mais todas essas bostas feministas. Daí, esse singelo e revelador diálogo:

- Pára cabeça, coisa chata. (cabeça tem uma mania chata de ficar beliscando minhas costas a procura de espinhas e outras coisas nojentas que nascem na pele de pessoas pobres que não fazem peeling de cristal).
- É pro seu bem
- Bem? Ficar fazendo buraco em minhas costas é pro meu bem? Coisa chata.
- Olhe vc não me trate assim que eu vou embora.

...???

- Hã? Assim como? Ir embora pra onde criatura?
- Vou embora. Eu agora tenho carteira.

...???

- E...
- E carro, tenho carteira e carro, posso ir embora se vc me maltratar.
- Eu te maltratando?
- É não deixa eu tirar espinha de suas costas.

...???

- Quer dizer que agora com carteira e carro vc pode tudo?
- Posso, quer ver? E saiu. Foi pro computador da sala e até a hora em que eu peguei no sono não tinha voltado. Deve ter passado bons momentos rindo sozinha de mais uma conquista.

Acho que cabeça entendeu errado a história do poder femino.

Mulheres
Foto by: Desmotivado.com

Sem mais, subscrevo.

Um comentário:

Dani disse...

E olha que ela nem precisou do carro rsrsrs
Vai dizer que não ficou com remorso?
Era pro seu bem...
Abraço