terça-feira, 28 de abril de 2009

Chateação X Susan Boyle

Ninguém tem obrigação de se aborrecer com os motivos dos outros.

Cada um já tem os seus próprios motivos diários. Logo, vcs não precisam de mim pra fuder o próprio dia, mas como entrar aqui tem lá os seus perigos, lá vai.

Eu tô puto da vida, devendo a Deus e ao mundo porque não me pagam. Foda.

Hoje liguei pra cobrar a um escroto que me deve uma grana e ouvi a seguinte pérola:
- Eu não tenho dinheiro pra lhe pagar e se vc me ligar mais uma vez, vou começar a ser grosso com você. (tem base?).
Não vou perder tempo em explicar no que deu. Tô preparando uma carta pra divulgar pra quem preciso for o nome do empresário baiano e o motivo pelo qual ele me deve, esperem.

Tem uns lances da vida da gente que faz com que a gente repense atitudes (frase clichê e pobre, mas hoje eu tô me sentindo assim).

O fato é que eu comecei a escrever esse post, enquanto lia uns outros tantos blogs, que não ví durante o dia, por causa do excel. E eis que me bato com o post de Jorge sobre Susan Boyle. Me deu vergonha, por ser a única pessoa do mundo a não ter visto o vídeo completo. E resolví ver todo. Me arrepiei tb e pensei muito numa coisa:

Vcs agora devem tá pensando o que aconteceu com a minha vida e consequentemente com os meus desejos certo? pois bem:

Me deu vontade de fazer com a cara do FDP o mesmo que a natureza fez com a cara de Boyle.

Sim caros, nada mais do que isso. Nada de superação, nada de força de vontade. Deformação. É isso que eu queria fazer com ele, só isso.

Hoje eu tô me sentindo assim: Pobre de espírito e clichê que nem a Susan Boyle.

3 comentários:

Edson Lucena disse...

Bem vindo a vida! rsssss...

Dani disse...

Eu gostava mais quando você queria dominar o mundo! =D
Me mordi de curiosidade para saber do empresário!
Sucesso!

Druba disse...

Vc é doente, Blito!