quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Tem dias ...

Hoje eu acordei preocupado. Pensando... Porque eu fico escrevendo esse monte de merda, enquanto tem gente que tá precisando mesmo de uma palavra amiga, de um conselho, de uma luz?

A resposta veio rápido:
1 - Eu não sou compositor de pagode pra pensar em nada que combine ritmicamente coisas como palavra amiga, beijo no coração etc.
2 - Eu não sou índio pajé pra ficar sentado numa tenda dando conselho a sacana nenhum (se bem que ficar fumando aqueles troços o dia todo deve ser legal).
3 - Eu não sou Coelba, nem Itaipu, nem Furnas, nem nenhuma dessas porras que deixam o outros no escuro pra poder dar luz a ninguém. Portanto, como ainda assim, me preocupo com vcs resolví passar umas dicas inteligentes, cheirosas e bolinativas pra quem realmente está precisando, oks?

Por exemplo: Seu problema é de saúde? Tá com medo do exame de Prostata?

Já sei, não adianta mais, vc morreu?

Não morreu, mas é muito problema ao mesmo tempo?


Não concordo com a parte do até viadagem hein? Eu particularmente duvido que ele consiga.
E se nada der certo:

Amanhã ainda é sexta por isso, procurem logo os seus guias, pro fim de semana ser fodinha.
Mas antes, uma coisa me chamou a atenção:
"Será que unha encravada é tão importante mesmo pro desenvolvimento do ser-humano?"

Sem mais, subscrevo.

2 comentários:

Juliana Rocha disse...

E bicho de pé??? hahahahahhahah

Cesar disse...

Esses exemplos são bem humorados casos de como as pessoas se sujeitam as maneiras mais inusitadas para resolver seus problemas....mesmo que gaste algum para isso (ou alguém acha que indo a um culto, vc não tem que deixar uma contribuição na cestinha que deve rolar por lá?)