segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Aniversário é clichê, mas é legal

Olá, meus queridos, hoje é meu aniversário. Então aproveitem para me mandar aquelas mensagens banais e batidas que eu adoro. Hoje é o dia de ser clichê. E de desejar aquelas coisas repetidas a exaustão do tipo, muita felicidade e saúde e tal e mesmo assim ser legal.
No momento eu to tomando uma cerveja. O que não é novidade nenhuma, mas aniversário é aniversário.
E eu quero compartilhar com vcs uma tradição. No dia do meu aniversário tem sempre uma cervejinha, mas quem eu chamo?
Ninguém.
Quem vem?
Quem se lembra. E liga pra dar aquele abraço clichê sincero. Esses são sempre bem vindos. Pronto, o ano que vem escolha esse dia para o lugar comum e venha tomar uma cervejinha comigo.

5 comentários:

Jorge Martins disse...

Enfim.
O abraço eu dei ao vivo, mas como a vida é um fuxo desconexo, muitas vezes não se fala tudo que se quer falar.
É um prazer e uma alegria ser amigo de um cara fodástico que nem você. Muitos mais anos de vida e patati patatá.
Principalmente muito patati patatá, pois é de patati patatá que a vida é feita.

Juliana Rocha disse...

Maridoooooooooo! Acho q vc tem verdadeira paixão por essa palavra "clichê"!! Ela não sai da sua bocaaaaaaaaaa

Laíse disse...

ahhhhhhhhhh

eu não sabia da tradição, mas ano q vem to colada!
uahuahauhuhuhuah

bjos, chato!

Druba disse...

Eu não lembrei do aniversário... mesmo assim, eu fui pro aniversário...

Xiii, quebrei uma tradição.

Juliana Rocha disse...

Ô Ção, coisa mais linda seu comentário no post em sua homenagem! Eu te amo demais!!!!!!!!