segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Minha mulher é foda.

Quinta Feira passada, como vcs sabem, foi lavagem do Bonfim e eu trabalhei na primeira lavagem do Cais Dourado.

A festa foi bacana e deu até pra curtir um pouco, apesar de ter trabalhado muito. Cheguei no Cais 9:00 hs da manhã e saí 00:45, de lá ainda fui pra produtora e cheguei em casa por volta das 2:00 da manhã. Precisei fechar a festa na mesma noite, porque tive que viajar logo cedo na sexta.

Mas isso tudo não é pra ninguém ficar com peninha, eu escolhi isso pra minha vida e tô bem tranquilo com essas jornadas quase intermináveis de trabalho.

O motivo do cronograma acima é fazer uma justíssima homenagem a uma mulher foda. Cabeça.
Ela é simplesmente a maior parceira do mundo moderno.

Além de ser uma esposa maravilhosa é uma pessoa com quem a gente pode contar.
Ela foi pro Cais a tarde e mesmo se sentindo mal ficou lá comigo até o fim. Não tinha mais ninguém a não ser a técnica desarmando o equipamento, mas ela com uma puta dor de cabeça, não quis me deixar sozinho, foi comigo pra produtora e depois pra casa. Estávamos exaustos mas eu além de tudo feliz.

Cabeça tava alí não porque eu disse que precisava dela, mas porque ela sabia que eu estava precisando de uma coisa que nem eu sabia.

- E aí cabeça (ela também me chama de cabeça) tá tudo certo aí?
e eu respondia:
- Tá sim cabeça, daqui a pouco a gente vai.
- Tem pressa não.

Isso senhoras e senhores é muito difícil de achar, de perceber e acima de tudo de recompensar.
Aqui, do meu jeito vou fazer o que posso:

Valeu Cabeça, vc é foda.

4 comentários:

lilaemarcelo disse...

Na boa Pablo: as pessoas se juntam porque se merecem! Eu presenciei apenas 01 vez você e Ju juntos, mas percebi, (e só ratifico pela leitura dos blogs de ambos), que vcs se complementam.
Acho massa isso, pode parecer bobo, mas acho mesmo!

Ps: Sem querer parecer aproveitador, mas já sendo, Jorge lembrou de falar com vc sobre o ensaio de Jau? Ele ficou de ver se conseguia 02 ingressos para mim!

Juliana Rocha disse...

Marido, vc quer q eu chore é??? Vou falar uma frase q te falo vez em quando:
Sou tua mulher ou um saco de batata????

TE AMO

Cris disse...

Isso é foda, porque eu concordo em número genêro e grau...Adoro, amo Ju...Linda msg.

Laíse Almeida disse...

ta bom...
eu sou uma manteiga derretida mesmo!

os meus olhos queriam chorar aqui...
mas foi so um alarme, não falso, mas um alarme...

hehehehe!

bjos!